Notícias

Festival de Gastronomia e Cultura movimenta a economia local e supera as expectativas

POR SIMONE | 22 DE NOVEMBRO DE 2018 | 227
O 2º Festival de Gastronomia e Cultura do Aracati, realizado entre os dias 15 a 17 de novembro na tradicional Rua Grande desta cidade do litoral leste do Ceará, distante 140 km de Fortaleza, foi um sucesso. A região, que possui vocação para o turismo, mostrou toda a sua afinidade para o desenvolvimento econômico e geração de renda. O evento, realizado pela Prefeitura do Aracati, em parceria com o Serviço de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae), movimentou a economia local dos setores da gastronomia, artesanato e da agricultura familiar, gerando renda, vendas diretas e prospecção de novos clientes. O volume total de negócios gerado em todos os setores, somente no âmbito do espaço do Festival, durante os três dias de evento, foi na ordem de R$ 172.194 reais.

No setor gastronômico participaram 32 Stands/Empresas, gerando uma média de R$ 4.224,59 reais por expositor durante os três dias de evento, resultando o total de R$ 135.187,00 reais de vendas diretas na Arena Gastronômica.

Nos stands de artesanato participaram 12 grupos, gerando uma renda de R$ 496,92 reais por artesão durante os três dias de festival, resultando em um total de R$ 5.963 reais de vendas diretas. Outro ponto forte do festival, foram as prospecções, isto é, as encomendas de produtos artesanais geradas, que totalizaram R$ 27.544 reais.

Já no setor da Agricultura Familiar, os quatro produtores participantes faturaram uma média de R$ 875 reais por stand, totalizando o valor de R$ 3.500 reais de vendas diretas no setor durante os três dias de evento.

Público elevado

Além do aumento do movimento econômico e da renda gerada durante o evento, o II Festival superou as expectativas de público, desde o número de expositores interessados em participar do evento, até mesmo o número de visitantes presentes, estimado em seis mil nos três dias de evento. Destacamos o elevado número de atrações culturais e chefs de cozinha que contribuíram para uma saborosa experiência gastronômica. Os negócios gerados aqueceram a economia do município, movimentando a rede hoteleira, além do aumento do fluxo de clientes no comércio em geral, relatou Ana Carla Luna, articuladora do Sebrae.

Para a Secretária de Turismo e Cultura, Denise Pontes, os resultados vão muito além das vendas realizadas durante o Festival e incluem diversos setores do município: Tivemos um resultado considerável em três dias, sem contar com a movimentação que tivemos em pousadas, hotéis, transportes e restaurantes que atenderam o público durante o dia, ou seja, o volume engloba muito mais do que esses resultados, ressaltou Denise Pontes, Secretária de Turismo e Cultura.

Estudo sobre o impacto econômico

Em parceria com a Faculdade do Vale do Jaguaribe a Secretaria de Desenvolvimento Econômico, Trabalho e Renda, desenvolveu um estudo para medir o impacto econômico gerado pelo 2º festival de Gastronomia e Cultura do Aracati, o qual observou-se um aumento crescente nas vendas dos expositores em três dias de evento, movimentando um montante considerável, onde somente seria possível em três meses de vendas.

A Secretaria de Desenvolvimento Econômico, Trabalho e Renda mensurou o impacto econômico direto do evento como satisfatório, gerando renda e mídia espontânea para o município, havendo um retorno considerável a curto e médio prazo como impacto indireto.

 

Deixe seu comentário