Notícias

Nota de esclarecimento da Prefeitura do Aracati

POR PORTELA | 22 DE SETEMBRO DE 2018 | 266
A praia de Canoa Quebrada está situada em Área de Proteção Ambiental APA, criada pela lei Municipal n° 40, de 20 de março de 1998, cujo objetivo é o controle e o ordenamento da ocupação e uso dos ecossistemas da orla marítima de Aracati, incluindo dunas e falésias.

A Prefeitura do Aracati realiza constantemente monitoramentos na estrutura física das falésias e no entorno destas áreas, verificando pontos de erosão e de construções irregulares.

Na manhã desta sexta-feira (21), equipes da Defesa Civil do Estado e do Município, juntamente com as Secretarias de Infraestrutura, de Meio Ambiente, de Segurança e o Instituto de Qualidade do Meio Ambiente (Iquama) intensificaram a vistoria do local, bem como de áreas próximas ao deslizamento, momento em que foram interditadas três escadas de acesso à praia, além do local da construção atingida pelo desmoronamento da falésia.

Tendo em vista a ação civil impetrada em 2009 pelo Ministério Público para a retirada das barracas localizadas na orla de Canoa Quebrada e, entendendo sua importância para o turismo local, o município do Aracati já havia ingressado com pedido junto à Superintendência do Patrimônio da União (SPU), objetivando a garantia de um novo espaço para a realocação das barracas de praia.

Ainda sobre o desmoronamento de falésias, que são Áreas de Preservação Permanente APP, ocorrido nesta terça-feira (18), a Prefeitura do Aracati reafirma que as devidas providências estão sendo tomadas, objetivando a preservação do meio ambiente e garantia da segurança e o trânsito das pessoas no local e que, embora haja interdições, os banhistas e turistas continuam tendo acesso à praia por meio de outros pontos.

Prefeitura do Aracati, as pessoas em primeiro lugar.

 

Deixe seu comentário